segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Linha na pipa II...

Com relação à postagem " Linha na pipa.... ", recebi irada mensagem da ex-diretora Financeira da Prefeitura, solicitando retratação nos seguintes termos:

Ela sentiu-se indignada a respeito do post, e afirma que pediu demissão da Copel porque, como todas as pessoas tem o direito de buscar algo melhor para as suas vidas profissionais, e que ela recebeu um convite de trabalho muito melhor, onde terá oportunidade de crescimento por conta de seu excelente currículo.

Diz que quero atingir o prefeito de Salesópolis e para isso uso pessoas inocentes (ela seria uma), que eu pus palavras na sua boca, e que ela não deseja que as portas da Prefeitura se fechem para ela, etc., etc..

Por fim a diretora dá-me uma sugestão: para que eu reflita antes de escrever, senão poderei prejudicar pessoas com atitudes levianas.
...........................
Taí, senhora ex-diretora, o seu pedido; pelo menos fiquei conhecendo quem era a Diretora Financeira. Ademais, no post não tem nada demais de tão importante para atiçar a sua fúria.
Entrementes, torço para que você arrume um ótimo emprego, que terá de ser longe de Salé, pois aqui, emprego no nível de Diretor de Prefeitura é muito difícil. Também espero que depois desses escritos, V.Sª tenha as portas da Prefeitura sempre abertas (o que é um dever não só a você, mas a todos os cidadãos).
Ah! agradeço pela sugestão, e pode ter certeza que o prefeito só será atingido se tiver pessoas ou fatos não tão inocentes à volta.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

PROPAGANDA SEM PRODUTO
Um texto de João Eichbaum

Há os que pensam pela cabeça dos outros. Há os que, aporrinhados pela chata obrigação de votar, não pensam. Há os fanáticos, os interesseiros e os conscientes. Assim são os eleitores brasileiros.

Desses todos, só os conscientes, é claro, enxergam na propaganda eleitoral uma inutilidade, um desperdício de tempo e dinheiro. Eles retiram os ouvidos do rádio e o bumbum da poltrona da frente da TV no horário político, passam indiferentes pelas “bandeiradas”, ignoram os cabos eleitorais.

A pessoa consciente, dotada de uma cultura que lhe enriquece a capacidade de discernimento, não troca seu tempo de lazer ou de enriquecimento pessoal por ignorância, estupidez, má intenção, falsidade e falta de caráter.

A pessoa consciente não fica na frente da TV, contemplando as estrelas guias da felicidade a prometerem o céu na terra para o povo, fazendo-o acreditar que só a cegonha da política traz no bico o bem estar da nação e as coisas mais excelentes.

Quem é consciente sabe que a ganância de poder é o único móbil que sustenta candidaturas a cargos políticos. E que com essa ganância não se harmoniza o bom caráter, a personalidade, a honra pessoal.

Às pessoas cultas e honradas não escapa sem repulsa essa suruba de ideias políticas a que se entregam todos os partidos e candidatos que almejam o poder. O poder, que amealha fortunas, transformando pobres em ricos do dia para a noite, envenena a honradez. Por conta dele se abdica da palavra dada, dos compromissos com a moral.

É claro que nenhuma pessoa consciente perderá seu tempo, ouvindo mensagens oriundas de liames espúrios, de conchavos bastardos, de concubinatos políticos que acabarão debitados na conta do contribuinte.

Sendo desnecessária, incômoda, irritante e burra, a propaganda eleitoral não é dirigida às pessoas conscientes. Seu público alvo se compõe dos que pensam pela cabeça dos outros, dos interesseiros (cabos eleitorais, futuros ocupantes de “cargos em comissão”) e dos energúmenos, que transformam em ato de fé sua cega admiração pela sem-vergonhice.

A propaganda eleitoral distorce o conceito axiológico de democracia, principalmente quando colocada a serviço da “reeleição”, eufemismo que disfarça a continuidade no poder.

Se democracia significa “governo do povo”, só mesmo esse será o legítimo juiz do governo. Se o governo foi bom, se atendeu às necessidades e aspirações do povo, não é necessário que o governadores e a presidente da República  encham a boca de adjetivos e advérbios para dizer que transformaram o Estado e o Brasil num mundo livre de todo mal, ficando o povo maravilhado, saciado de bem estar, felicidade, e com dentes novos na boca.

Se o povo é soberano, que os atuais governantes se entreguem ao cumprimento da missão que lhes foi delegada e aguardem o veredito popular: foram eleitos para governar e não para pedir votos.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O breu no fim do túnel...

Há algo de podre no reino  da Dinamarca. Parece que se terão 4 salas fechadas nas escolas estaduais - 2 na "E.E Olga" e 2 na "E.E Sônia Maria".
Segundo se diz, o motivo é o ...êxodo urbano. Muita gente se mudando daqui para outras cidades.
...............................
É, o sr. Rafael da Silva, Quico e Cia estão conseguindo...

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Linha na pipa...

A diretora Financeira da Prefeitura, responsável pela Copel (Comissão de Preços e Licitações), pediu o boné.

Nestes dias bicudos, em que uma diretora ganha quase R$ 2.000,00 por mês, pedir demissão assim não é normal.  Simples especulação, mas será que ela viu ou sentiu alguma  coisa cabeluda por lá?

sábado, 23 de agosto de 2014

Vamos à luta...

Este Blog apóia para prefeito, nas eleições de 2018, a mui presente e encantadora Paula Tenório.
Quanto a Vanderlon, ele que busque uma vaguinha na Câmara, já que fez da política profissão...

Vamos à batalha...

Ontem, numa sessão extraordinária, os vereadores iriam sabatinar o novo secretário de Obras do Município, sobre os projetos do DADE relativos a esta administração.

Como o secretário parecia estar alheio ao tema, quem deu as respostas foi o prefeito Rafael da Silva, no conhecido tom peculiar dele: educadinho, mas pouco convincente.

Não sei o que se passa nas cabeças dos camaristas, porém, acredito que são impotentes a respeito desses projetos agora, mas poderão fazer carga pesada na hora das fiscalizações, se forem capazes e se tiverem "c" para isso.

Quanto ao novel secretário, ele já possui idade avançada; a idade da razão, ou ao contrário.Então, para se prestar a um cargo dessa importância em Salesópolis sempre fica alguma coisa no ar, remoendo, remoendo:
1- Ele é um "mula" do PR, um tapa-buraco dispensável?
2- Ele  tenciona  "levar algum por fora", a exemplo de muitos casos existentes em municípios outros?
3- Ele é uma boa alma, que quer doar seu tempo e sua capacidade para fazer algum bem para a cidade, e  até poderá doar seus honorários para a Santa Casa?
.................................
Nenhum vereador perguntou ao secretário, mas eu pergunto: V.Sª irá continuar a permitir a interferência do Vice-prefeito na Seção de Obras? 

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Ganhou dentadura para gravar com Dilma...

Em agenda no Nordeste nesta quinta-feira, a presidente-candidata Dilma Rousseff visitou a cidade de Paulo Afonso, na Bahia. Gravou imagens para sua campanha na casa de Dona Nalvinha, moradora da Comunidade Batatinha e beneficiária do programa federal Água para Todos.

Reportagem do jornal Folha de S. Paulo informa nesta sexta-feira que, antes de receber a presidente, Nalvinha, ou Marinalva Gomes Filha, de 46 anos, foi contemplada com uma prótese dentária. “Tudo o que tenho aqui foi a Dilma que me deu”, afirmou a baiana ao jornal – inclusive, a prótese dentária, segundo ela.
.......................
Lá, tem dentadura; aqui tem vale-leite... 

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Mera coincidência?...

Esta foto foi tirada hoje, na Av. Victor Wuo. A casa é residência de um empregado da empreiteira 3 Rios.
Será que aqui, nessa cidadezinha também, ele foi obrigado a assinar algum papel?

Por e-mail...

... Boa noite,

Naquela cidadezinha do interior, a melhor parte é saber que o funcionário "M" se mantém empregado, e que foi chamado ao gabinete pra ouvir as desculpas pessoalmente do prefeito. kkkkkkkk
Enquanto um resistir, ainda haverá esperança.

Grande abraço, ..."
............................
Ih! Acho que esse prefeito vai cumprir um longo jejum de cama com a primeiríssima...